Os chilenos
Praia no lago Villarica
Praia no lago Villarica

Sumário do guia GTB Chile Online  •  Índice remissivo do guia GTB Chile

Os chilenos

De costas para os Andes, e, ao contrário de Peru e Bolívia, ricos em ouro e prata, o Chile, uma região do império espanhol povoada por populações aguerridas, nunca foi muito atraente para os conquistadores. A colônia, meio esquecida e mantida subordinada ao Vice-rei do Peru, desenvolveu características próprias do ponto de vista cultural e étnico.

As característias étnicas e culturais dos chilenos

Enquanto a Argentina, o Uruguai e o sul do Brasil, receberam uma elevadíssima quantidade de imigrantes italianos que marcaram profundamente essas regiões da América do Sul, os chilenos são resultado da miscigenação de espanhóis e índios. Apesar de existirem muitos brancos “puros” no Chile, o principal contingente de sua população é mestiça. Com o passar do tempo e com a consequente diminuição da população indígena provocada por guerras e doenças trazidas pelos homens brancos, aumentou progressivamente a miscigenação entre mestiços e brancos, crescendo a porcentagem de sangue espanhol no seio da população chilena.

A herança a miscigenação

A impressão que se tem ao visitar o país é que a grande maioria das pessoas, embora brancas, tem alguns traços índios. Repare nos olhos um pouco amendoados e na pele morena. Embora o Chile tenha recebido escravos negros, estes foram pouco numerosos, aproveitados mais em trabalhos domésticos, já que não existia uma atividade econômica importante baseada no escravagismo, como ocorreu no Brasil.

A tardia imigração européia

Embora o sul do Chile tenha acolhido (tardiamente) imigrantes europeus provenientes da Alemanha, Inglaterra, França e Itália, além de árabes e eslavos, a imigração nesse país não pode ser comparada à que ocorreu na costa atlântica meridional da América do Sul. Esse contigente de origem europeia mesclou-se ao resto da população. Mesmo assim, quem visita cidades como Valdívia, por exemplo, se depara com pessoas de traços germânicos.

O Chile e os demais países sul-americos

Quem conhece outros países sul-americanos como Peru, Bolívia e Argentina perceberá que os chilenos são menos “europeus” do que os argentinos, mas têm menos sangue índio do que bolivianos e peruanos. Você poderá também perceber que os mestiços no norte e no sul do país têm tipos físicos diferentes. Os do norte, de origem aymara, são mais parecidos com peruanos e bolivianos. Até o folclore e as festas populares são semelhantes. O visitante estrangeiro que assiste o carnaval em San Pedro do Atacama, no extremo norte do país, pode perfeitamente pensar que está na Bolívia ou no Peru.

Comportamento conservador

Mais conservadores nos comportamentos e nos costumes do que brasileiros e argentinos, os chilenos sofreram em seu isolamento maior influência da Igreja. O divórcio, por exemplo só foi aprovado pelo Congreso chileno em novembro de 2004, enquanto campanhas de controle de natalidade e educação sexual têm sido alvo do sistemático boicote dos religiosos e da imprensa controlada pela direita. De modo geral os chilenos são simpáticos e amáveis, porém mais reservados e formais do que os argentinos (e principalmente muito mais que os brasileiros!)

A juventude chilena

Apesar disso, boa parte da juventude tem comportamento bem moderno (o Chile não é um país islâmico!) e você se surpreenderá com as arrojadas minissaias que verá em certos cafés de Santiago.

A ditadura Pinochet ainda possui um bom número de simpatizantes

Ao contrário do Brasil, Argentina e Uruguai, onde os regimes militares do passado são objeto de reprovação quase unânime, um pouco mais de 30% da população chilena é ainda pinochetista. A ditadura dividiu os chilenos e abriu feridas que ainda estão longe de cicatrizar.

A herança da ditadura

E também deixou certas heranças, como leis que limitam a liberdade de imprensa. Críticas ácidas ao parlamentares, ao exército, à Igreja ou a altos funcionários podem resultar em cadeia. No Brasil um jornalista pode dizer, sem ser ameaçado de prisão, que nosso Congresso está cheio de políticos safados (Que maldade, gente.) No Chile isso pode complicar a vida do profissional.

Informações práticas

Como ir a Santiago

Veja passagens aéreas e pacotes

Hotéis em Santiago: reserva pelo Booking.com

O Booking.com é um meio fácil e seguro de reservar seu hotel ou apartamento em cidades no mundo todo. Você não paga nada a mais por isso. Você pode pesquisar ofertas entre uma enorme variedade de estabelecimentos

Escolha e reserve seu hotel em Santiago do Chile: seleção por categorias

Escolha e reserve seu hotel em La Sereña: seleção por categoria

Escolha e reserve seu hotel em Pucón: seleção por categoria

Escolha e reserve seu hotel em Puerto Natale: seleção por categoria

Escolha e reserve seu hotel em Puerto Vara: seleção por categoria

Escolha e rserve seu hotel em Punta Arenas: seleção por categoria

Escolha e reserve seu hotel em San Pedro de Atacama: seleção por categoria

Escolha e reserve seu hotel em Santiago: seleção por categoria

Escolha e reserve seu hotel em Torres del Paine: seleção por categoria

Escolha e reserve seu hotel em Valdívia

Escolha e reserve seu hotel em Valparaíso

Escolha e reserve seu hotel em Viña del Mar