O auge da Guerra Fria

Guerra Fria

O auge da Guerra fria

Em 1964 (olhe a data…) a Guerra Fria entre americanos e russos estava no auge e a população chilena encontrava-se polarizada entre direita e esquerda. Venceu o centrista Eduardo Frei um democrata-cristão, beneficiado pelos votos da direita e pelo apoio dos Estados Unidos, que não viam com bons olhos a candidatura socialista de Allende, apoiado pelo Partido Comunista. Frei, um moderado, percebeu a necessidade de reformas e atreveu-se a realizar algumas, como o aprofundamento da reforma agrária, atingindo dessa vez os interesses dos latifundiários. Apesar de a esquerda julgar a medida insuficiente, a reforma resultou no rompimento com a ala direita da base parlamentar de Frei e gerou boatos de um golpe de estado.

A vitória da Frente Popular

Em setembro de 1970, com a nação ainda mais dividida, Salvador Allende, apoiado dessa vez também pela ala esquerda da democracia-cristã, venceu as eleições com 36,3%. A tradição eleitoral chilena tinha como princípio declarar eleito o candidato que tivesse a maioria dos votos, mesmo que não se tratasse de maioria absoluta, pois não havia segundo turno. Na ocasião, entretanto, houve uma forte pressão de Richard Nixon e seu secretário de Estado, Henry Kissinger, sobre o Congresso chileno, numa tentativa de impedir que Allende fosse declarado eleito, operação conduzida pela CIA e conhecida como Track One. Sem sucesso, numa operação conhecida como Track Two, forneceram em outubro de 1970 o apoio logístico para o assassinato do general René Schneider, um democrata legalista, executado por homens ligados ao general direitista Roberto Viaux. É bom lembrar que Nixon e seu grupo eram adeptos dessa prática. Quem se lembra do caso Watergate que resultou no impeachment de Nixon?

O Governo Allende

Uma das primeiras medidas adotadas pelo governo Allende foi nacionalizar as minas de cobre Anaconda Copper e a Kennecott Company, o que agravou as relações com os Estados Unidos. Para os norte-americanos, perder o Chile, depois de perder Cuba (por total falta de habilidade política, jogando os cubanos, sem outra alternativa nas mãos dos soviéticos), era inadmissível.

Após a nacionalização das minas de cobre, por inspiração de Kissinger, os Estados Unidos iniciaram um boicote ao Chile, cortando-lhe todo crédito, ao mesmo tempo em que tentaram de todas as formas sabotar a economia do país, com o apoio da direita chilena. Embora, inicialmente, o governo Allende, com grande apoio popular, conseguisse manter a estabilidade democrática, as pressões tornaram-se crescentes, acirrando a polarização da população entre os pro-Allende e seus opositores. Começaram então as dificuldades econômicas, a recessão, o desabastecimento e o aumento da sabotagem por parte da ultra-direita, o movimento “Pátria e Liberdade”, apoiado pela CIA.

Informações práticas

Como ir ao Chile

Veja passagens aéreas e pacotes

Hotéis no Chile: reserva pelo Booking.com

O Booking.com é um meio fácil e seguro de reservar seu hotel ou apartamento em cidades no mundo todo. Você não paga nada a mais por isso. Você pode pesquisar ofertas entre uma enorme variedade de estabelecimentos

Escolha e reserve seu hotel em Santiago: seleção por categoria

Escolha e reserve seu hotel em La Sereña: seleção por categoria

Escolha e reserve seu hotel em Pucón: seleção por categoria

Escolha e reserve seu hotel em Puerto Natale: seleção por categoria

Escolha e reserve seu hotel em Puerto Vara: seleção por categoria

Escolha e rserve seu hotel em Punta Arenas: seleção por categoria

Escolha e reserve seu hotel em San Pedro de Atacama: seleção por categoria

Escolha e reserve seu hotel em Torres del Paine: seleção por categoria

Escolha e reserve seu hotel em Valdívia

Escolha e reserve seu hotel em Valparaíso

Escolha e reserve seu hotel em Viña del Mar