Merano
Merano, Itália
Merano, Itália

 

Merano: a tradicional estação de águas da nobreza europeia

No passado, a tradicional estação de águas foi ponto de encontro da nobreza europeia. A imperatriz austríaca Sissi costumava passar longos períodos por lá. A linda Merano, que fica no fundo de um vale, ainda guarda um certo ar aristocrático e é um lugar particularmente agradável para passear, principalmente às margens do rio Passirio.

Mapa do Trentino Alto-Adige

Como ir a Merano

Veja preços de pacotes e passagens aéreas para a Itália

Carro

De Bolzano (28 km) utilize a S38.

Trem Há trens diretos a partir de Bolzano (40 minutos). De Trento (1h30) é preciso fazer baldeação em Bolzano.

Hotéis em Merano

Escolha e reserve seu hotel em Merano

Melhor época

O verão. Veja mais detalhes sobre melhor época na Itália

Atrações turísticas em Merano

De um lado do rio fica a Passegiata d’Inverno e de outra a Passegiata d’Estate, cheias de pequenas lojas, restaurantes, cafés e sorveterias. A Via Portici, no centro antigo, ladeada por passagens cobertas, é outro lugar gostoso para andar a pé. Ela desemboca na Piazza Duomo, onde fica a catedral dedicada a São Nicolau.

Castello Principesco

Via Galilei. Construída no século XV, a antiga residência dos arquiduques austríacos da casa de Habsburgo conserva decoração de época e coleções de armas, cerâmicas e instrumentos musicais.

Castel Tirolo

A 4 km ao norte de Merano. Vai-se de carro ou ônibus até a localidade de Tirolo e a partir dali, para chegar ao castelo, é preciso caminhar uns 20 ou 30 minutos (a vista no caminho é deslumbrante!). No alto de um rochedo fica o mais espetacular castelo medieval do Alto Adige. Ele foi erguido no século XII por Mainardo que, unindo pela primeira vez os povoados do entorno, tornou-se o primeiro governante da região do Tirol. No castelo funciona um interessante museu sobre a história tirolesa e, ao lado, podem ser visitadas as ruínas de uma antiquíssima igreja paleocristã que ninguém sabe ainda ao certo como foi construída naquele lugar de acesso tão difícil à época. A visita compensa a caminhada. Site: Castel Tirolo

Passeios a partir de Merano

Bressanone

(Brixen)  Há trens diretos a partir de Bolzano (30 minutos). De Bolzano (45 km), pegue a S12 ou a A22. Pequena cidade tirolesa, com menos de vinte mil habitantes, de traçado medieval e clima suave. A parte mais interessante de Bressanone é a Piazza del Duomo, com belos edifícios, entre eles a catedral e o claustro decorado com afrescos dos séculos XIV e XV. No Palazzo Vescovile, do século XIII, funciona o Museo Diocesano, com uma coleção de esculturas policromadas de madeira e objetos do período medieval. Site: Bressanone

Brunico (Bruneck)

Há trens a partir de Bressanone (50 minutos), com baldeação em Fortezza Franzensfeste. De Bressanone (34 km), utilize a S49. A leste de Bressanone, a caminho da fronteira austríaca, protegida por um castelo medieval e rodeada de montanhas, essa é outra antiga cidadezinha do Alto Adige. A maior atração é o Museo Provinciale degli Usi e Costumi (abre de abril a outubro, de terça-feira a sábado), um museu a céu aberto com edifícios – desde sofisticadas residências de nobres, até casinhas simples habitadas pelos mais pobres – que ilustram a vida na região no passado. Fazem parte do acervo roupas, ferramentas e objetos antigos. Brunico

A Itália em imagens

Uma verdadeira viagem fotográfica por cada região da Itália, com dezenas de imagens separadas por destinos

Maquina fotografica

Centro da Itália em Imagens

Sul da Itália em imagens

                                      Norte da Itália em imagens