Manhattan de norte a sul

MAPA_MANHATTAN

Sumário Guia Online New York  •  Sumário guia online New York

Manhattan de norte a sul: uma radiografia da ilha

Mapa interativo Google de Manhattan

Manhattan

Os nova-iorquinos dividem Manhattan em Uptown (”cidade alta”, a porção norte), Midtown (a parte central) e Downtown (“cidade baixa”, o sul).

Uptown

A Uptown, dominada pelo Central Park, é dividida em Upper East Side (literalmente “lado leste superior”), Upper West Side (“lado oeste superior”) e Harlem.

O Upper East Side – Uma das áreas mais chiques da cidade, onde tudo é sofisticado, elegante e caro, fica a leste do Central Park. Ali moram celebridades, magnatas, artistas e políticos importantes. O Upper East Side tornou-se o que é quando Vanderbildt, o magnata das ferrovias, e outros milionários começaram, no século XIX, a erguer seus palacetes na região. Muitos desses belos imóveis abrigam atualmente consulados. No bairro se concentra grande quantidade de museus. Em uma só milha da 5th Avenue (Quinta Avenida) há tantos museus que o trecho é chamado de Museum Mile.

O Upper West Side, a oeste do parque, é habitado pelos “bem sucedidos” e por uma população de perfil moderno e elegante, porém menos convencional do que do lado leste do Central Park, o filé mignon. Morar de frente para essa magnífica área verde é o sonho de consumo do nova-iorquino. Diríamos que o Central Park é uma ilha rodeada de ricos e famosos por todos os lados.

No extremo norte da ilha, fica o Harlem, tradicionalmente um bairro de população negra, que já enfrentou sérios problemas sociais. A Columbia University fica na “divisa” entre o Upper West Side e o Harlem.
Já ao norte do Upper East Side, o perfil do habitante é o imigrante latino-americano pobre. Exatamente o contrário dos abastados vizinhos!

Midtown

Midtown, o centro nervoso da cidade, onde ficam a Times Square, o Theater District e atrações como o Rockefeller Center, o Empire State Building, o Chrysler Building e o MoMA, divide-se, na porção mais próxima ao Central Park, em Midtown West, a oeste da 5th Avenue, e Midtown East, a leste. Cortados por um trecho valorizado da famosa avenida, cosmopolita e cheio de grifes famosas, ambos os bairros possuem bons restaurantes, hotéis, cafés, lojas e agências de viagens.
O sul de Midtown, habitado pela classe média alta mas também com áreas comerciais, compreende bairros como Chelsea, Gramercy Park, Flatiron District, Union Square e Murray Hill.

Downtown

A definição de Downtown é mais complexa. Inclui toda a parte sul da ilha de Manhattan. A região denominada Lower Manhattan inclui o Financial District, o Battery Park, o South Street Seaport e a City Hall Area. Trata-se de um distrito de negócios, onde fica a bolsa de valores de Wall Street, termômetro para as demais em todo planeta.

Depois temos SoHo e Tribeca, bairros “históricos” e “de artistas”, hoje em dia mais comerciais e turísticos que outra coisa, onde mora muita gente abastada, cheios de galerias de arte e butiques transadas. Nolita, ou North of Little Italy, que está seguindo os passos do SoHo, é um dos preferidos pelos “latinos” de perfil mais alternativo, moderno e com grana. Está cheio de butiques de novos designers, restaurantes e cafés. Os preços das roupas e acessórios desses novos talentos da moda, desconhecidos dos brasileiros, são quase sempre uma facada!

Chinatown, o bairro comercial e turístico outrora “chinês”, hoje é amplamente asiático, já que vietnamitas, coreanos e outros orientais também o habitam.

Little Italy, o antigo bairro dos imigrantes italianos, está atualmente um tanto descaracterizado.

O Lower East Side, por sua vez, ainda é um bairro marcado pela imigração, onde você encontra gente de todo o mundo, principalmente de origem latino-americana e asiática.

Greenwich Village, cheio de charmosos predinhos de tijolos vermelhos, deixou de ser apenas o bairro dos estudantes, artistas, boêmios e hippies. Lá existem  lojas transadas, restaurantes e baladas e o aluguel custa bem mais do que poderia vir a imaginar seu antigo morador Jack Kerouac. O Village, juntamente com Chelsea, é um dos bairros favoritos dos gays em Manhattan.

O East Village, no passado um “primo pobre” de Greenwich Village, também vem se sofisticando nos últimos anos.

O Estado de New York e a cidade de New York

Como New York York fica no Estado de New York; para distinguir um do outro costuma-se usar NYC (abreviatura de New York City) para se referir à cidade. Em tempo: New York City não é a capital do Estado. Só o foi entre 1784 e 1797, quando o governo se transferiu para Albany.

Site oficial de turismo de NYC

Informações práticas

Como ir

Veja passagens aéreas e pacotes

Onde se hospedar em Nova York: reserva pelo Booking.com

O Booking.com é um meio fácil e seguro de reservar seu hotel ou apartamento em cidades no mundo todo. Você não paga nada a mais por isso. Você pode pesquisar ofertas entre uma enorme variedade de estabelecimentos.

Escolha e reserve seu hotel:  seleção por categoria e bairro

Informação sobre os guias da série GTB (Guia do Turista Brasileiro)

New York - Capa pequena para guiaonline

Os guias GTB impressos não estão mais à venda…
Enquanto isso, confira todo o conteúdo completo e atualizado do guia impresso, substituído pelo  Guia GTB ON Line Nova York, gratuito, e com dezenas de fotos. Basta ter sinal de internet no local onde você estiver.

 

Links afins