Lago di Como
Lago di Como, Itália
Lago di Como, Itália

Lago di Como, um dos encantadores lagos lombardos

O lago de Como tem a forma de um “Y” de ponta cabeça, que se bifurca no sul em duas pontas, uma em Como, outra em Lecco. No seu percurso mais longo alcança 46 km de comprimento, enquanto há pontos em que a largura não ultrapassa 650 metros. Ele é o mais chique da região, todo cercado de luxuosas vilas e palácios.

Mapa do Lago di Como

Como ir

Veja preços de pacotes e passagens aéreas pela Itália

Carro

A partir de Milão (45 km) pela A8, depois pela A9.

Ônibus

Há ônibus a partir de Milão e do aeroporto Malpensa. O principal ponto de desembarque é na Piazza Matteotti.

Trem

De Milão (estação Norte Cadorna) para Como (estação Lago Norte), em trem comum, a viagem demora cerca de 1h. Há também trens do aeroporto Malpensa para Como.

Hospedagem

As opções de hospedagem mais agradáveis em Como ficam à beira do lado de mesmo nome, com vistas deslumbrantes.

Escolha e reserve seu hotel em Como

Melhor época

A época mais bonita é a primavera e em seguida o outono. Evite o auge do verão(tudo lotado!)  e o inverno, úmido e frio.

Vídeo sobre turismo em Bellagio, no Lago di Como

Atrações turísticas

O lago de Como é um lago perfeitamente navegável, e permite viagens entre as belas cidadezinhas de Bellagio, Cadenabbia, Cernobbio, Menaggio, Tremezzo e outras às suas margens.

Como

Principal cidade do lago, datada da época dos romanos, objeto de disputa entre Milão e o imperador Federico Barbarossa, chegou a ser muito importante no século XI. Hoje é o lugar favorito de férias dos milaneses, muitos dos quais mantêm casas ali. As atrações locais incluem o Duomo, em estilo gótico tardio, cuja cúpula, construída em 1740, tem 75 metros de altura; o Broletto, palácio comunal com uma imponente torre, e a basílica românica de San Fedele. Nas proximidades do lago a cidade é muitíssimo agradável e de uma elegância discreta, com ruelas pitorescas e belos prédios antigos. Site: Como

Bellagio   

Situada no ponto em que o lago de Como se bifurca, é a mais bonita e famosa das cidades lacustres, com ruelas pitorescas e casinhas em tons pastéis subindo as encostas. Construída em terraços, Bellagio possui magníficas villas, como a Villa Serbelloni e a Villa Melzi, com lindos jardins que podem ser visitados. Apesar de pequenina, a elegante Bellagio tem bons restaurantes e hotéis. Site: Bellagio

Cernobbio

Nacosta oeste do lago, a cidade é conhecida em razão do luxuoso hotel Villa d’Este, ins talado em um palácio do século XVI. Por uma estradinha panorâmica chega-se ao Monte Bisbino, com mais de 1.300 metros de altura. Site:  Cernobbio

Tremezzo

A joia de Tremezzo e a principal razão pela qual a cidadezinha é visitada é a Villa Carlotta, uma magnífica mansão à beira do lago, construída em 1690, que tem um museu e lindos jardins com vista privilegiada.

Lecco

Fica na extremidade sudeste do lago e é menos atraente que as demais cidades, mas pode servir de base para passeios de barco. Site: Lecco

Dicas para circular pelo Lago di Como

Ônibus

De Como para Bellagio e outras cidades do lago partem ônibus da Piazza Matteotti.

Barco

Diversos barcos partem por dia para tudo quanto é canto, mas se pensa em fazer um passeio para vários lugares em um mesmo dia, organize-se. Quando descer num ancoradouro qualquer, anote sempre os horários das próximas partidas para a cidade que planeja visitar em seguida, a fim de não ficar “preso” em um lugarejo muito mais tempo do que queria. O preço varia dependendo do tipo de embarcação.

Carro

Pode ser menos prático que o barco, e sempre existe o problema do estacionamento. Só vale a pena para quem tem bastante tempo e quer ir parando – e pernoitando – em diferentes cidades.

A Itália em imagens

Uma verdadeira viagem fotográfica por cada região da Itália, com dezenas de imagens separadas por destinos

Maquina fotografica

Centro da Itália em Imagens

Sul da Itália em imagens

                                      Norte da Itália em imagens