João Pessoa
Praia de Tambaú, João Pessoa - Foto Alexandre Imamura CCBY
Praia de Tambaú, João Pessoa – Foto Alexandre Imamura CCBY

João Pessoa, PB

Capital e principal centro econômico da Paraíba, João Pessoal é uma cidade simpática e conhecida por suas belas praias, prédios históricos e preços baixos. As praias cumprem o papel de atração principal dos visitantes, especialmente no verão. A noite, o calçadão serve de palco para shows, bares e restaurantes que mantêm agitada a vida do turista. Já o Centro Cultural São Francisco é ótimo para um passeio mais calmo, para apreciar a arte sacra.

Não deixe de conhecer o Farol do Cabo Branco, principal cartão-postal da cidade onde tem um maravilhoso nascer do sol, e também a Estação Cabo Branco, projetada por Niemeyer como espaço para a arte e a ciência.

A cidade conta com um tradicional pré-carnaval, com o melhor do frevo e do maracatu. Também é recomendável experimentar o cardápio típico da região, recheados de frutos do mar, carne de sol, macaxeira e rapadura.

Mapa de João Pessoa

Como ir

De avião

O Aeroporto Internacional Presidente Castro Pinto, embora pequeno, é moderno e fica distante cerca de 11 km de João Pessoa, na cidade de Bayeux. Diariamente, chegam voos, principalmente noturnos, das companhias TAM, Gol e Azul. Além de táxis, há linhas de ônibus entre a cidade e o aeroporto. Aeroporto Internacional Presidente Castro Pinto

De carro

Se você estiver em alguma das outras capitais nordestinas e quiser ir até João Pessoa de carro, o principal acesso é pela BR-101. A distância entre João Pessoa e Recife é de 120 km; de Natal, 185 km. Se estiver no Sudeste e quiser se aventurar, a distância de São Paulo é de 2.780 km, e do Rio de Janeiro, aproximadamente, 2.430 km.

De ônibus

Os principais terminais rodoviários do Brasil têm linhas que chegam até o Terminal Rodoviário Severino Camelo. De lá, é preciso se deslocar, de táxi ou de ônibus urbano, até a orla.

Melhor época

Qualquer época do ano pode ser a melhor para ir a João Pessoa, pois, como em todo o Nordeste, o calor é permanente. No verão, os preços são mais salgados, porém há menos chuvas, que têm maior frequência entre os meses de março e agosto. Mesmo no inverno, com temperaturas mais amenas, além de pegar uma praia, você pode aproveitar as festas juninas, que são tradicionais em várias cidades do Nordeste.

Onde se hospedar em João Pessoa

Veja lista com as melhores avaliações por categoria

Dica: Se você puder ir na semana de lua nova ou lua cheia, pode aproveitar os passeios que são favorecidos pela maré baixa. 

Atrações

Estação Cabo Branco – Projetado por Niemeyer, o espaço dedicado à arte e ciência tem exposições temporárias e fixas, oficinas, brinquedos, cafeteria e projetos sobre astronomia.

Farol do Cabo Branco – É onde o sol nasce primeiro no continente americano. O farol é utilizado apenas como marco do local, considerado um dos pontos turísticos mais importantes da cidade. A vista é deslumbrante.

Centro Cultural São Francisco – A visita guiada mostra em detalhes a arquitetura barroca da Igreja de São Francisco, Convento de Santo Antônio, Museu de Arte Sacra e algumas outras capelas, como a Capela Dourada.

Melhores praias

Praia de Tambaú – Uma das mais badaladas de João Pessoa, tem excelente infraestrutura, e é próxima de hotéis e restaurantes. O visual é maravilhoso, a temperatura é agradável e o mar propício para crianças. Na maré baixa são formadas as piscinas naturais de Picãozinho, onde os visitantes praticam mergulho nas águas cristalinas. A dica é comprar o ingresso para o passeio o quanto antes, pois existe um limite de turistas por dia no local.

Ponta do Seixas – Conhecida por ser a praia mais oriental das Américas, a ponta do Seixas tem uma ótima infraestrutura, com quiosques e vendedores na praia. Porém, é longe da maioria dos hotéis, é preciso pegar um ônibus ou alugar um carro. Essa praia também tem piscinas naturais durante a maré baixa, que também valem a pena a visita.

Ilha da Areia Vermelha – Um banco de areia formado na maré baixa, próximo da Praia do Poço, no município vizinho. O visual é magnífico, e bem diferente do que estamos acostumados. Apesar de ser uma ilha, o conforto é garantido. Ambulantes vendem bebidas e alugam cadeiras para garantir o conforto do visitante.