Jardins de Tuileries
Tuilleries, Paris
Jardins de Tuileries

Jardins de Tuileries

Localização dos Jardins de Tuilleries

A história dos Jardins de Tuileries

O Jardin des Tuileries é o mais famoso e também o mais antigo jardim em estilo francês de Paris. Os Jardins de Tuileries foram inicialmente construídos por ordem de Catarina de Médicis quando, em 1553, resolveu morar no Louvre e comprou o terreno ao lado, onde havia uma fábrica de telhas (tuiles em francês, dai o nome Tuileries).

Mais tarde, durante o reinado de Luís XIV,  os jardins, originariamente em estilo italiano, foram remodelados por Le Nôtre, que planejou também canteiros à la française, fontes e espelhos d’água. Enorme, ocupa uma área de mais de vinte e cinco hectares, e supera outro grande jardim central de Paris, o de Luxembourg.

Um museu a céu aberto

O Palácio Real, também construído a mando de Catarina de Médicis nas Tuilerias, foi incendiado em 1871 durante a Comuna de Paris. Deu perda total: em 1883 o pouco que restou do palácio foi demolido. Sobrou o jardim. Os jardins, que existem hoje tais como os concebidos por Le Nôtre, são um verdadeiro museu a céu aberto, que se estende do Louvre à Place de la Concorde, decorado com estátuas dos séculos XVIII e XIX.  Do lado direito, espalhados pelo gramado, no meio de arbustos, você verá bronzes do famoso artista francês Aristide Joseph Bonaventure Maillol. São cerca de vinte belas esculturas, que agradam não apenas a adultos, mas igualmente às crianças, que adoram brincar entre elas, num jogo de esconde-esconde, e até escalá-las…
Nos jardins, perto da Place de La concorde, existem dois edifícios do século XIX: o Jeu de Paume, junto da rue de Rivoli e, do outro lado, junto do Sena, o Musée de l’Orangerie.

Video sobre os Jrdins des Tuilleries

Um dos jardins preferidos dos parisienses

As Tuileries são hoje um dos lugares preferidos dos parisienses para passear, ler ou tomar sol, porque têm a vantagem de ser um lugar super supercentral. Os pais, sobretudo nos finais de semana, costumam trazer seus filhos para se divertirem com seus barquinhos de brinquedo no grande espelho de água do jardin. Há, naturalmente outros jardins igualmente lindos em Paris, mas a maioria fica em bairros afastados. Muitos parisienses trabalham ou moram nas redondezas dos Jardins de Tuilleries e utilizam o jardim para tomar seu lanche na hora do almoço. (E, notem, não há restos de guardanapos, nem nem garrafas ou lixo no chão. Civilidade é um valor parisiense!)

Melhor acesso para o Jardin des Tuileries e para curtir a vista panorâmica da  Voie Trionphale

Os Jardins de Tuileries também são importantes por fazerem parte da Voie Triomphale: têm uma linda vista da Place de la Concorde, da Avenue des Champs Elysées e, bem mais longe, do grande Arch de la Défense. Por isso mesmo, saindo do Musée du Louvre, entre no jardim pelo Arco do Triunfo do Carrossel, construído por Napoleão para comemorar suas vitórias nas guerras travadas em 1805 e 1806. O arco em si, de mármore esculpido, já é uma atração. Em seguida, passando o arco, já existe um belo jardim, mas não é ainda o de Tuileries e sim o Jardim do Carrousel, uma área verde de ligação entre o arco de triunfo de Napoleão e Tuileries.

Um jardim que acolhe manifestações culturais

Não se surpreenda se, ao visitar o Jardin des Tuileries, deparar com exposições de arte. O jardim costuma abrigar feiras internacionais de arte contemporânea, organizadas pela FIAC (Foire Internationale d’Art Contemporain), que ocorrem no mês de outubro em Paris, anualmente, desde 1974. As feiras atraem grande público, tanto parisienses, como turistas, além de colecionadores, donos de galeria de arte e mesmo administradores de museus. Os Jardins de Tuileries são classificados como monumento histórico de Paris, desde 1914 e são incluídos no Patrimônio Mundial da Unesco referente às margens do Sena.

Mais…

Paris possui muito mais áreas verdes do que as cidades brasileiras. São lindos, sobretudo durante a primavera e o outono. Veja outros parques e jardins de Paris

Curte a capital francesa? Então veja fotos dos principais pontos de interesse:
Paris em Imagens