Extravio de bagagem

BAGAGEMVERMELHA

 

Extravio de bagagem, que inferno…

Extravio de bagagem é o inferno astral do viajante. Na maioria das vezes ela é encontrada, mas você passa por apuros e, talvez a receba de volta arrombada pelo serviço de segurança do aeroporto e será obrigado a comprar outra.

Você desembarcou, passou pelo serviço de imigração e agora espera sua mala passar pela esteira: fique de olho nela! Há aeroportos tumultuados, nos quais é fácil a ação de malandros, e nem sempre existe a devida fiscalização do seu tíquete para conferir se a mala que você está levando embora é mesmo sua.  Atento, você continua esperando… mas ela não apareceu!

Como evitar o extravio de sua bagagem

• Para evitar que sua bagagem se extravie e, se isso acontecer, sua bagagem poder ser encontrada rapidamente, sua mala deve que ser bem identificada, com uma etiqueta resistente, com seu nome, fone e até e-mail.

• Além da etiqueta do lado de fora, deixe outra também dentro da mala com seu endereço. Essa providência é útil no caso de extravio, porque malas cujas etiquetas se perderam são arrombadas pela segurança dos aeroportos; se pelo menos seu nome estiver dentro dela, saberão que é sua. (Aliás, com a crescente preocupação com o terrorismo, em certos países ela será aberta mesmo se tiver etiqueta…)

• Os extravios de bagagem são mais frequentes quando se faz uma conexão aérea. Quanto menor o tempo entre a chegada de um voo e a partida do outro, maiores são as chances de ocorrer. Por isso mesmo, se puder, evite conexões muito “apertadas”.

• Ao fazer o check-in, preste atenção se o comprovante de entrega de sua mala está correto e guarde-o em um lugar seguro. Saiba pelo menos em que bolso o guardou!

• Um pequeno truque para reconhecer facilmente sua bagagem ainda na esteira, e evitar que alguém se confunda e leve a sua por engano (já que muita gente usa modelos com formatos e cores parecidos), é colar uma fita adesiva colorida na alça. De longe você reconhecerá sua mala e será mais fácil recuperá-la em caso de extravio.

• Procure utilizar um tipo de mala fora dos padrões comuns  pretas e cinzas. Malas coloridas são menos comuns, mas muita gente está começando a utiliza-las justamente para facilitar sua identificação.

Como recuperar sua bagagem

•  Se sua mala não aparecer na esteira rolante depois do desembarque, em primeiro lugar, tenha calma. Ficar nervoso ou afobado não ajuda em nada. Pegue o tíquete que lhe deram ao despachá-la e registre queixa imediatamente no balcão da companhia aérea aérea (ou no guichê especial para isso que existe em certos aeroportos).

•  Eles lhe pedirão a descrição o mais detalhada possível de sua mala. Por isso mesmo, antes de embarcar, repare bem no tipo de mala que você está utilizando: cor, marca, algum detalhe que chame a atenção, para conseguir descrevê-la depois. Por exemplo, se você puder afirmar com segurança que sua mala é cinza com uma faixa bordô em relevo no centro, equipada com rodinhas e puxador niquelado, fechada com cadeado de código, será muito mais fácil e rápido encontrá-la.

• Caso você tenha em mãos o endereço e o telefone de onde irá se hospedar, forneça a ao atendente do guichê e tudo será mais simples. Salvo raras exceções, a bagagem lhe será entregue no lugar que você indicar, entre 24 e 48 horas.

• De qualquer modo, coloque na sua bagagem de mão (essa que você mesmo leva para dentro do avião) tudo que possa ser realmente necessário até sua mala ser recuperada deverá estar na sua bagagem de mão. Tudo o que for de valor ou importante para você deve ficar ao seu alcance.

• Caso, por absoluta falta de sorte, sua bagagem não seja recuperada, a companhia será obrigada a reembolsá-lo, mas o valor do reembolso normalmente não cobre o prejuízo.

• Para obter uma compensação extra, você terá que provar que possuía objetos de valor mais elevado dentro da mala desaparecida, e para isso deverá ter declarado oficialmente o conteúdo de sua mala, antes de embarcar, junto à companhia aérea. Se você tiver que levar algo realmente valioso que não possa ser transportado na bagagem de mão, convém fazer um seguro de sua bagagem.

• Tenha consigo também uma muda de roupa. Chegar cansado a um país estranho sem ter roupa limpa para trocar é uma experiência chata.

• Se for preciso, você pode reivindicar da companhia aérea uma pequena soma para comprar objetos pessoais de maior urgência.

E, não se esqueça…

Chegando ao hotel ou antes de tomar outro voo (no caso de uma conexão, por exemplo), arranque o tíquete “velho” que está na sua bagagem indicando o destino, para evitar confusão quando for tomar o próximo voo.

Veja como organizar sua bagagem, o que levar, o que não levar