Dicas de viagem, Peru e Bolívia
Machu Picchu, Peru
Machu Picchu, Peru

Acessar o sumário Acessar o índice remissivo de localidades e atrações

Mapa do Peru

Dicas de viagem

Escritórios oficiais de turismo

Em praticamente todas as cidades de interesse turístico há escritórios (oficinas) oficiais de turismo do município e do PromPeru (entidade de promoção turística do governo federal).
Não espere, porém, encontrar eficiência similar à dos escritórios oficiais de turismo europeus. Há casos em que há 3 ou 4 gentis funcionários prontos para atendê-lo, mas o máximo que conseguem fazer é fornecer um mapa da cidade e o endereço de outro escritório oficial de turismo!

Em alguns deles, você pode reservar hospedagem, conseguir mapas e folhetos e obter muitas informações. Não se iniba em procurá-los se precisar: é para isso que servem. Os funcionários geralmente entendem português. De qualquer forma, eles costumam funcionar em estações ferroviárias e rodoviárias, nos aeroportos e em lugares centrais das cidades turísticas. Nos escritórios do PromPeru você consegue informações sobre a cidade que você está visitando e sobre o restante do país. Quanto aos mapas, às vezes aqueles distribuídos nos hotéis são, às vezes, melhores que os oficiais.

Finalmente, há escritórios de agências de viagens que tentam se fazer passar por oficiais. Anunciam “tourist office” ou “official touristic information” com a maior cara-de-pau. Não os leve a mal, mas também não os leve muito a sério. Use seus serviços, se precisar, lembrando, porém, que esses estabelecimentos existem para lhe vender passagens, pacotes e excursões, e não para lhe dar informações imparciais sobre sua viagem como um órgão do governo faria.

Visitas às atrações turísticas

Em muitos lugares, a venda de ingressos se encerra de 0h30 a 1h antes do horário de fechamento. Programe-se para não dar com o nariz na porta.
Igrejas têm horários de visita muito variados. Geralmente estão fechadas no horário de almoço. Evite, por uma questão de respeito, visitar igrejas durante missas, a não ser que pretenda assistir a elas.

Visitas guiadas a museus e mosteiros

Mesmo quando não obrigatórias, costumam ser interessantes. Quando o preço não é fixo, dá-se uma gorjeta ao guia no final.

Use trajes compatíveis para visitar igrejas, mosteiros e museus

Bolívia e Peru são países católicos: não importa sua fé, tire o boné e não entre de bermudas, de minissaia, de barriga de fora nem de ombros à mostra em recintos religiosos.

Respeite o patrimônio cultural

Desnecessário dizer que não se deve tocar em obras de arte, objetos históricos e peças arqueológicas. E, por óbvio, mesmo que o vigia esteja distraído, nada de rabiscar pedras de muros incas: “Joaõzinho esteve aqui”. (Incrível, mas acontece…).

Filmar e fotografar

Convém pedir autorização antes de filmar ou fotografar. Muitas vezes, é proibido. Não se trata de frescura: de um lado, o flash danifica pinturas e achados arqueológicos; de outro, o valor inestimável de certas peças torna recomendável que sua imagem não seja demasiadamente exposta, para evitar a cobiça de colecionadores que nem sempre agem estritamente dentro da lei.

Emergências

Na Bolívia
Embaixada do Brasil (La Paz)
Av. Arce, s/n° esq. c/ Rosendo Gutierrez (Edificio Multicentro), Sopocachi, Casila 429

No Peru
Embaixada do Brasil (Lima)
Av. José Pardo, 850, Miraflores ( 512-0830
Informação turística e assistência ao viajante ( (01) 574-8000

Comunicação de extravio de cartão de crédito

Antes de partir do Brasil, fale com o gerente de sua conta bancária e peça o número de contato com sua operadora de cartão de crédito. Se perder o cartão ou for roubado, entre em contato com a central emissora e comunique a perda. Depois faça, sem perda de tempo, um boletim de ocorrência na delegacia de polícia mais próxima.

Informações complementares

Água – Como a água de torneira não é potável, é inteligente ter uma garrafa d’água mineral no quarto, sobretudo à noite.

Banheiros El baño é um problema  – Muitos banheiros públicos (mesmo quando pagos!) são imundos. Papel higiênico é artigo raro até em banheiros limpos de aeroportos ou de bons bares e restaurantes. Tenha sempre consigo um pacotinho de lenços de papel.

Corrente elétrica – Em ambos os países, exceto em algumas poucas localidades bolivianas, é de 220V. Cuidado para não queimar aparelhos elétricos!

Fuso horário – Na Bolívia é 1h mais cedo que o horário de Brasília. Durante nosso horário de verão essa diferença é de 2h. No Peru a diferença é de 2h a menos, e durante nosso horário de verão, aumenta para 3h.

Gorjetas – Em restaurantes mais simples, não é necessário acrescentar gorjeta, a não ser que você queira. Os mais sofisticados normalmente já incluem na conta 10% de serviço.

Horários de funcionamento de bancos e comércio – Na Bolívia, os bancos funcionam de 2a a 6a, das 8h30 às 12h e das 14h30 às 18h. O comércio geralmente abre das 8h30 às 12h e das 14h30 às 18h30, mas nem todos os estabelecimentos fecham para almoço. No Peru, os bancos funcionam de 2a a 6a, das 9h às 18h e aos sábados das 9h às 12h. O comércio abre das 9h às 18h e, aos sábados, em horários variados.

Lavagem de roupas – Só entregue roupas para lavar nos hotéis (sobretudo jeans e roupas mais pesadas) se você for ficar pelo menos três dias na cidade, pois raramente elas lhe serão entregues “mañana” como prometido. Isso é mais verdadeiro ainda se não estiver fazendo sol.

Os falsos escritórios “oficiais” de turismo – Finalmente, há escritórios de agências de viagens que tentam se fazer passar por oficiais. Anunciam “tourist office” ou “official touristic information” com a maior cara-de-pau. Não os leve a mal, mas também não os leve muito a sério. Use seus serviços, se precisar, lembrando, porém, que esses estabelecimentos existem para lhe vender passagens, pacotes e excursões, e não para lhe dar informações imparciais sobre sua viagem como um órgão do governo faria.

Informações práticas

Como ir ao Peru

Veja passagens aéreas e pacotes

Onde se hospedar no Peru

Escolher e reservar seu hotel em Lima

Escolha e reserve seu hotel em Arequipa

Escolha e reserve seu hotel em Cusco

Escolha e reserve seu hotel em Puno

Cultura e informação tornam sua viagem ao Peru muito mais fascinante:

Leia sobre a História do Peru e da sociedade inca.

O Peru antes dos incas • As origens dos incas •  A civilização inca
Os espanhóis chegam ao Peru • A lei e a moral inca  • Curiosidades sobre os Incas
A estrutura social incaica  • A expansão do Império • Huáscar e Atahualpa
A captura de Atahualpa pelos espanhóis • O fim do Império Inca
As consequência da conquista

 

Relatos de viagem

A Trilha Inca  Viagem pelo Valle del Colca

Maquina fotografica

O Peru em imagens Fotos dos lugares de especial interesse turístico.