Córsega

Córsega, um destino que os brasileiros precisam conhecer

Córsega, a quarta maior ilha do Mar Mediterrâneo, é a terra de Napoleão Bonaparte. A Córsega pertencia ainda à Itália um ano antes do nascimento do futuro imperador. Por um pouco mais Napoleão teria nascido italiano e  a história do mundo talvez fosse outra.
A Córsega é um charme, mas seu litoral tem aquele mesmo jeitão mediterrâneo das Riveiras Francesa e Italiana, com suas marinas de luxo e bonitas paisagens. Quem já conhece não vai se impressionar.  O mais interessante é conhecer as regiões de montanha no centro da ilha e também do Cape Corse.  No outono as paisagens tornam-se lindas recobertas por um arvoredo de folhas amarelas e avermelhadas.

A Córsega possui uma área de 8 68 km² de área. A ilha  tem 180 KM do extremo sul ao extremo norte e, 82 km na extensão mais larga, no sentido leste-oeste. A Córsega é pouco povoada. Sua densidade demográfica é de pouco mais de 30 habitantes por km2.

Mapa da Córsega

Como ir

De avião

Não há voos diretos do Brasil. Você terá que da capital francesa tomar uma conexão para Bástia, Ajjacio ou Bonifácio.  Há vôos diretos de São Paulo e do Rio de Janeiro para o aeroporto Charles De Gaulle, em Paris, pela TAM e pela Air France. A viagem toma aproximadamente onze horas. Depois, de Paris para a Córsega, conte mais uma hora e meia, aproximadamente.

Escolha e reserve seu voo

 Barco

Há barcos de Marselha, Nice, Gênova (IT), Livorno (IT) para Ajaccio Bastia, Bonifacio, Calvi, êle Rousse,  Porto Vecchio. A viagem de Marselha leva umas onze ou doze horas. De Nice calcule umas seis ou setes horas de navegação, aproximadamente.

Como circular pela Córsega

Trem

Ponte-Leccia, no centro da Córsega, é o principal entrocamento ferroviário da ilha.  A linha mais importante segue para Ajaccio, a capital. Há quatro partidas diárias  e a viagem leva umas 3 horas. Há igualmente trens para Bastia, no norte da ilha. Conte  aproximadamente 3 horas de viagem, e para Ponte Vecchio, pouco mais de uma hora.  Uma outra linha liga Ponte-Vechia a Calvi. Uma viagem de 3 horas. Há três trens diários.  A viagem é muito bonita. A ferrovia atravessa passagens estreitas, túneis, antigas pontes, montanhas e vales.

Ônibus

É possível percorrer a Córsega inteira de ônibus. Não são caros e vão para todo canto. Os ônibus entre as cidades maiores são melhores do que os que ligam os pequenos povoados de montanha.

Carro

Se você não pretende limitar sua viagem às cidades maiores, e deseja se aventurar-se pelo interior do país (insistimos: vale e pena!), não pense duas vezes, alugue um carro. Mas, atenção, a RN, a principal estrada da Córsega, que desce a costa oriental da Ilha, a partir de Bástia até Bonifacio, tem muito trânsito e não possui pista dupla. Dessa estrada pegue a indicação Corte e caia fora do litoral da ilha. Há muitos trechos sem acostamento e nem sempre é fácil dar uma paradinha para tirar uma foto. Muito cuidado.

As estradinhas departamentais oferecem vistas maravilhosas. Não são estradas para se correr porque são cheias de curvas, nem todas estão me bom estado, são comuns animais na pista. Além disso essas estradinhas atravessam villages onde há movimento de pessoas. No Cape Corse, por sua vez, as estradas secundárias formam um labirinto onde é fácil se perder. Além disso, são ainda mais estreita do que as do centro da ilhas e, por vezes passam junto a abismos. No escritório de turismo do aeroporto onde desembarcar, peça um mapa rodoviário. Mas saiba, mesmo esse mapa oficial tem suas falhas.

Onde se hospedar

Escolha e reserve seu hotel na Córsega

Melhor Época

Evite o verão. Tudo fica lotado, os preços disparam. A única vantagem são os dias longos.  A melhor época é a primavera e o outono, que correspondem à baixa estação. No outono as paisagens ficam lindas. Saiba, entretanto que no final do outono e no começo da primavera os dias são ainda curtos. Após 4 ou 4h30 da tarde há pouca luz. O inverno não é frio como na França continental, mas mesmo assim, principalmente nas montanhas, pode incomodar.

Atrações turísticas, pontos de interesse

Ajaccio

A capital da Córsega e sua maior cidade é Ajaccio, que também é a capital da Córsega do Sul, Bastia. É a segunda cidade mais populosa da Córsega, e  também é capital da Alta Córsega. É uma cidade mais cosmopolita e moderna, mas conserva algumas belas construções históricas

Bonifacio

Bonifácio, no fundo de um golfo profundo, é famosa por suas valésias a prumo, de calcáreo branco e avermelhado. Também possui uma imponente e cidadela (onde é difícil circular e ainda mais difícil achar estacionamento). Apesar de sua cidadela, não possui muitas atrações. O que mais impressiona é seu esplêndido quadro natural.

Calvi

É uma cidade de tamanho médio (para os padrões franceses). Suas praias atraem muitos banhistas no verão. Possui praias e seu mar tem belos tons azul-turqueza.

Ile-Rousse

Ile-Rousse é também uma cidade “tipicamente mediterrrânea”, (tem até palmeiras em estilo andaluz…) . Parece um pouco com  Calvi, mas bem menor, mais tranquila.

Porto Vecchio

É um dos sítios favoritos da burguesia parisiense, italiana e do norte da Europa, e também de italianos. Muitos possuem casa de verão em porto Vecchio. Ça fait chic…

Bastia

Bastia, no extremo norte da ilha, é mais próxima do continente do que Calvi, Ajjacio e outros centros.  É a principal porta de entrada da Córsega. Muitos ferries chegam ao seu porto, vindos de Marselha, Nice e outras cidades francesas e italianas. Suas áreas planas facilitaram a instalação de indústria e também plantações de videiras. Seu centro histórico no interior da Cidadela merece uma visita.

Os corsos

Muitos corsos ainda têm como língua materna o dialeto local, derivado do italiano. A língua corsa é ensinada também nas escolas, mas nas grandes cidades todo mundo fala francês. Alguns corsos não se consideram franceses e lutam pela independência da ilha. Pelo que pudemos perceber a população, sobretudo os jovens, estão cada vez mais integrados à França.

Informações práticas sobre Paris

Como ir a Paris

Veja passagens aéreas e pacotes

Onde dormir em Paris

O Booking.com é um meio fácil e seguro de reservar seu hotel ou apartamento em cidades no mundo todo. Você não paga nada a mais por isso. Você pode pesquisar ofertas entre uma enorme variedade de estabelecimentos

Escolha e reserve seu hotel em Paris

Dicas

Hotéis baratos – As vezes você encontra hotéis de uma estrela ou os chamados “hotéis de turismo” em Paris com preços interessantes. Vale a pena dar uma olhada. Veja hotel em Paris.

Informação sobre os guias da série GTB (Guia do Turista Brasileiro)

PARIS CAPA 1 BAIXA PEQUENO

Os guias GTB impressos não estão mais à venda…
Enquanto isso, confira todo o conteúdo completo e atualizado do guia impresso, substituído pelo  Guia GTB ON Line Paris, gratuito, e com dezenas de fotos. Basta ter sinal de internet no local onde você estiver.

 

Links afins