Capri

Capri, a ilha dos imperadores

Quem descobriu os encantos de Capri, há quase dois mil anos, foi o imperador romano Augusto, mas quem lhe deu fama algum tempo mais tarde foi outro imperador, Tibério, cujo nome até hoje está ligado ao da ilha. Ele gostava tanto do lugar que chegou a construir doze villas em Capri e mudava-se constantemente de uma para outra, a fim de despistar os inimigos, pois temia ser assassinado. A fama de Tibério não era das melhores; ele era considerado um homem cruel e levava uma vida dissoluta, a ponto de se dizer que os jovens submetidos a seus caprichos suicidavam-se em seguida, atirando-se ao mar do ponto conhecido como Salto de Tibério.

Mapa de Capri

Como ir a Capri

Veja pacotes e passagens aéreas

Barco

Capri é ligada a Nápoles (40, 50 ou 80 minutos conforme o tipo de embarcação), a Sorrento (25 minutos), a Positano e à ilha de Ischia por linhas regulares de barco operadas por diversas companhias. As passagens são vendidas nos próprios portos dessas cidades. Em Nápoles, a maior parte dos barcos sai do porto Beverello. O desembarque é na Marina Grande de Capri.

Hospedagem

Escolha e reserve seu hotel em Capri

A melhor época

Evite o auge do verão e o inverno. A segunda quinzena de abril, maio, junho, setembro e a primeira quinzena de outubro são meses bons. Veja detalhes sobre a melhor época para viajar pela Itália.

Atrações turísticas

Vídeo de turismo sobre Capri

Vila de Capri

Fica acima da Marina Grande e tem como centro a Piazzetta, ponto de encontro dos habitantes da ilha e de turistas que param ali para uma cerveja ou um café. Não se espante ao deparar na mesinha ao lado com algum artista famoso, um cineasta ou um escritor. A vila é pequena, com ruas de casinhas bonitas, restaurantes e lojas de suvenires, num estilo que lembra um pouco o das ilhas gregas.

Os belvederes

Caminhando pela Via Madre Serafina, você alcança o belvedere de Cannone, com uma linda vista para o mar. No sentindo oposto, pela Via Camerelle, chega-se a outro belvedere, o de Tragara, com vista para os Faraglioni, formações rochosas no mar.

Villa Jovis

Para os que curtem caminhar, há uma subida de 45 minutos até o topo do Monte Tibério, onde se encontram as ruínas de uma das residências do imperador romano Tibério. Pode-se visitar o átrio do antigo palácio, a cozinha, as termas etc., mas saiba que são apenas ruínas, nada comparáveis ao estado de conservação daquelas de Pompeia e Herculano. Mesmo assim, dá para ter uma boa ideia da opulência da “casinha de praia” do imperador!

Arco Naturale

Saindo do centro de Capri pela Via Matermània, entre à direita na bifurcação. O caminho leva a um gigantesco arco natural cavado na rocha pela erosão.

Marina Piccola

Pequeno porto de pesca na costa sul da ilha com uma prainha e uma piscina natural no mar.
Certosa di San Giacomo Abre do amanhecer às 14h. Fecha às segundas-feiras. É um edifício medieval bem conservado, no qual se pode conhecer o claustro, as celas, o refeitório e instalações usadas pelos monges.

Vila de Anacapri

A vila de Anacapri é menor que a de Capri, e também menos cheia de turistas. É um prazer passear pelas ruazinhas mais afastadas do centro, onde os habitantes vão tocando a vida no seu ritmo tranquilo.

Chiesa di San Michele

Piazza San Nicola. É um bom exemplo da arte napolitana do século XVII. Seu interior conserva um belo altar de mármore, pinturas de artistas famosos da época e um rico pavimento em cerâmica maiólica, com cenas da história de Adão e Eva.

Monte Solaro

Subir até o ponto culminante da ilha, a 589 metros acima do nível do mar, é um dos passeios mais gostosos a se fazer em Capri. Você pega um teleférico (seggiovia) de cadeirinha, como esses de estação de esqui. Nada perigoso para adultos, mas desaconselhável para crianças muito pequenas. O trajeto dura aproximadamente 15 minutos: você vai passando sobre vinhas e flores, enquanto desfruta um panorama inesquecível. Leve sua máquina fotográfica. No alto há um bar e um belvedere, com uma vista de deixar qualquer um de queixo caído. Dá para ver o continente, o Vesúvio, as pequenas enseadas entre os rochedos e aquele mar de tons indescritíveis…

Villa San Michele

Viale Axel Munthe, 34. Um passeio que não se pode perder em Anacapri é a visita à villa construída pelo médico e escritor sueco Axel Munthe no fim do século XIX. Ele mesmo fez a planta dessa mansão, erguida sobre as ruínas de uma villa romana, em um lugar escolhido a dedo, com vista para o Golfo de Nápoles. No verão são realizados concertos de música clássica. Villa San Michele

Scala Fenicia

A trilha à beira da falésia oferece belíssimas vistas da costa. Se você prosseguir pela rua da Villa San Michele chegará a uma imensa escadaria que o conduzirá ao porto de Marina Grande, onde poderá tomar o barco de volta para Nápoles. São cerca de 800 degraus, mas é uma descida, felizmente!

Belvedere de Migliara

A aproximadamente meia hora de caminhada do centro da vila, este ponto no sudeste da ilha tem uma vista panorâmica excepcional.

Passeios de barco

Da Marina Grande partem barcos e lanchas que fazem passeios ao redor da ilha, ou apenas de ida e volta até a Grotta Azzurra.

Grotta Azzurra

 Para entrar, você terá que passar para um barquinho a remo para apenas quatro pessoas (além do marinheiro) e pagar mais 8 a. Dependendo da maré, você precisará praticamente deitar no fundo da embarcação para não bater a cabeça na rocha ao passar pela minúscula entrada. A gruta é realmente maravilhosa, com a luz solar refletindo nas águas de um tom azul como o de uma água-marinha. Parece que Tibério adorava nadar por ali. Mas ele era imperador e você, um mero turista, assim, terá somente um minuto para ver a gruta, pois há uma fila de barquinhos a remo do lado de fora com muita gente esperando. É apenas o tempo para tirar uma foto, o que é bem decepcionante, pois você mal consegue apreciar o lugar. O remador dá uma voltinha na gruta, que aliás é pequena, e já sai pedindo uma gorjeta… O melhor horário para visitar a gruta é por volta de meio-dia.

A Itália em imagens

Uma verdadeira viagem fotográfica por cada região da Itália, com dezenas de imagens separadas por destinos

Maquina fotografica

Centro da Itália em Imagens

Sul da Itália em imagens

                                      Norte da Itália em imagens