As músicas de Georges Moustaki

Georges Moustaki, um clássico da canção francesa

As músicas de Georges Moustaki são conhecidas principalmente na França. Se você for a Paris conheça um pouco da canção francesa, é claro, muito mais interessante para quem fala francês e entende as letras. Um dos clássicos da canção francesa é o compositor e cantor Georges Moustaki que compôs, entre outras canções, “Ma Solitude“, “Le Temps de Vivre“, “Ma Liberté“, “Marche de Sacco et Vanzetti“, “Il Y Avait Un Jardin” e muitas outras, com uma temática dividida entre o romantismo e a política. Suas apresentações atraíam multidões de fãs.

Georges Moustaki é o nome afrancesado de Giuseppe Mustacchi, filho de judeus gregos, nascido em 3 de maio de 1934,  na cidade de Alexandria, no Egito. Desde cedo, Georges foi um apaixonado pela canção e pela literatura francesas.

Em 1951 vamos encontrá-lo vivendo em Paris, onde fez um pouco de tudo. Foi jornalista e barman em um piano-bar, onde conheceu um dos grandes nomes da canção francesa, Georges Brassens. O estilo de música de Brassens visivelmente influenciou sua carreira de artista. Geoges era também fã de Edith Piaf, que acabou se tornando sua petite amie.

No vídeo, tradução em português dos trechos cantados em francês.

Em 1974 gravou uma versão francesa da canção “Fado Tropical”, de Chico Buarque, sobre a Revolução dos Cravos, com trechos cantados em português.

As músicas de Georges Moustaki no Brasil: durante uma temporada no Brasil, Georges Moustaki se fixou na Bahia onde compôs diversas músicas, com trechos cantados nas duas línguas. Verteu também para o francês “Águas de Março”, de Tom Jobim (“Les Eaux de Mars).

Georges Moustaki morreu em 23 de maio de 2013, em Nice, na França, aos 79 anos.