Américas

As Américas

Américas do Sul, Central e do Norte oferecem uma variedade de opções que chega a confundir o turista. Suas metrópoles, como Nova York, Rio de Janeiro, Buenos Aires, São Paulo e outras, agradam em cheio os que gostam de  vida noturna e cultural, como museus, shows, teatros e todo tipo de espetáculo, além de uma gastronomia rica e variada.

Quem gosta de natureza hesita entre os parques nacionais, como a Chapada Diamantina, na Bahia, Torres del Paine ou o Atacama, no Chile, o Distrito dos Lagos, na Argentina e os inúmeros parques nacionais norte-americanos e canadenses. Se formos falar em praias, teremos que escolher entre mais infindáveis opções. No Brasil, Canoa Quebrada, Jericoacora, Ilha Grande no Rio de Janeiro, Ubatuba, em São Paulo, Camboriú, em Santa Catarina, Cancún, no México, as das ilhas caribenhas, como San Martin e tantas outras, as da Flórida, o Havaí, nos Estados Unidos.

O continente também é rico de ruínas arqueológicas na América do Sul, com lugares mágicos, como Machu Picchu, no Peru,  e na América Central, onde floresceram, no México, avançadas culturas.

Incas, mais e astecas deixaram um rico legado histórico, arquitetônico e cultural que pode ser visto nessas regiões.

Também é importante o patrimônio colonial espalhado por todo o continente, de norte a sul: no Brasil, Paraty, Salvador, as cidades históricas de Minas Gerais;  no Peru, Cusco e Arequipa; no México, Puebla e Oaxaca; no Canadá, Québec

Em resumo, as Américas possuem atrações para todos os gostos.